site hit counter
Muslim Library

O Profeta da Misericórdia

  • O Profeta da Misericórdia

    Quão numerosas são as guerras da mídia deflagradas para difamarem o retrato dos grandes! Quão péssimas são quando transformam os corruptos em virtuosos, os seletos em criminosos, aí vemos os meios de comunicação tendenciosos sendo trombetas que espalham seus venenos por todos os lados, abandonando a sua missão humana e vestindo o manto da humilhação e da vergonha. Esses meios tendenciosos prejudicaram a todos nós, com suas constantes acusações ao Profeta da humanidade e o mestre dos filhos de Adão. Caricaturas, livros, revistas, programas de televisão, declarações dos mais altos escalões políticos e religiosos. Sua principal função passou a ser difamar a figura de “Mohammad Ibn Abdullah” tentando atacar a sua religião, sua honra e sua conduta. São tentativas tolas que tentam atingir a maior arma que o Profeta da Islam possui, a arma da “misericórdia”. Acusam o Profeta do Islam (Deus o abençoe e lhe dê paz) na sua mais importante virtude, a virtude da misericórdia com a qual liderou o mundo. Mesmo que esse tipo de maldade não atinja o Profeta da Misericórdia, uma vez que o latido dos cães não atinge as nuvens, os muçulmanos contemporâneos não estão isentos da responsabilidade, perante Deus, Exaltado seja, além da responsabilidade perante a história humana e do Islam.

    Reveiwers: Ahmad Mazloum

    Source: http://www.islamhouse.com/p/332569

    Download:

Facebook Twitter Google+ Pinterest Reddit StumbleUpon Linkedin Tumblr Google Bookmarks Email

Random books

  • A CRENÇA dos Seguidores do Profeta Muhammad e a tendência da maioria dos Muçulmanos

    Devido à importância deste tema e à diferença de opiniões sobre o assunto, gostaria de explicar brevemente o nosso credo na crença dos Sunitas (Os seguidores do Profeta Muhammad) e a maioria dos Muçulmanos (Ahl as-Sunnah wa al-Jama'ah). Este credo é a crença em Allah, Seus Anjos, Seus livros, Seus mensageiros, o Dia do Julgamento, e o destino, ainda que seja agradável ou desagradável.

    Publisher: المكتب التعاوني للدعوة وتوعية الجاليات بحي الربوة بمدينة الرياض

    Source: http://www.islamhouse.com/p/150279

    Download:

  • Você pergunta e o Alcorão responde

    Este livro titulado Você pergunta e o Alcorão responde responde a 32 importantes perguntas que todo muçulmano deveria conhecer.

    Source: http://www.islamhouse.com/p/191212

    Download:

  • Os dois testemunhos de Fé Significando e condições

    Sendo que a pronúncia do testemunho de fé e praticá-lo corretamente é a pedra fundamental do Islam, e considerando que muitos membros da nação islâmica ignoram seus profundos significados e condições, acreditando que o objetivo é somente pronunciá-lo, e existindo também os que interpretam erroneamente, eu consenti em escrever esta pequena investigação para que se beneficiem aqueles que procuram a verdade e desejam estar e manterem-se no caminho correto.

    Source: http://www.islamhouse.com/p/329585

    Download:

  • Um resumo do que é o Islam

    O Islam é o selo de todas as mensagens divinas reveladas ao último dos profetas, Muhammad filho de Abdullah, que a paz e as bençãos de Deus esteja com ele. É a última religião e a única que será aceite por Deus; uma religião de fácil prática, sem dificuldades nem adversidades. Aquilo que uma pessoa não pode praticar, não é de forma alguma obrigada a fazê-lo

    Publisher: موقع الجامعة الإسلامية بالمدينة المنورة

    Source: http://www.islamhouse.com/p/5

    Download:

  • O Casamento do Profeta (S) com Aicha (R) Para os Intelectuais, os Teólogos e os Equitativos

    O artigo relata a opinião de orientalistas com imparcialidade e equidade a respeito do casamento do Profeta Muhammad (S) com a Aícha, esclarece duvidas surgidas a esse respeito, levando em conta o testemunho da época e o testemunho da ciência, rechaçando os pensamentos doentios com comprovantes cientificos, contém ainda alguns relatos sobre o abençoado casamento.

    Source: http://www.islamhouse.com/p/309062

    Download:

Select language

Select surah